Câmara de Palmas suspende sessões por 15 dias e estabelece escala de revezamento de servidores

  • 23/Fev/2021 15h33
    Atualizado em: 23/Fev/2021 às 15h36).

Devido ao aumento de casos de Covid-19 na capital, A Câmara Municipal de Palmas aprovou na manhã desta terça-feira, 23, requerimento apresentado pela presidente da Casa, Professora Janad Valcari (Podemos), que pede a suspensão das sessões parlamentares por 15 dias, além da adoção de escala de revezamento de servidores para atendimento das demandas de serviço interno da Casa e gabinetes.

Valcari explicou que a suspensão visa preservar servidores e famílias, assim como a sociedade que frequenta a Casa e gabinetes, reforçando que os parlamentares seguirão com seus trabalhos. Ao usar a tribuna, a parlamentar disse se preocupar com vidas e construção de um hospital de campanha e outras medidas. “Estamos fazendo a nossa parte, que é fiscalizar. Quero perguntar para onde foram os mais de 42 milhões que consta no portal do Senado, porque até hoje não temos um hospital municipal. Um ano se passou e não foi construído nenhum hospital de campanha. ‘Ah, mas foi requisitado leitos de UTI’. Requisitar o que já temos, o que já é nosso? Temos que fazer mais, ofertar mais leitos”, analisou.

O requerimento da professora Janad foi subscrito pelos vereadores Filipe Martins (PSDB), Jucelino (PSDB), Eudes Assis (PSDB), Waldson da Agesp (Avante), Joatan (Cidadania), Márcio Reis (PSL), Rogerio Freitas (MDB), Professora Iolanda Castro (PROS), Mauro Lacerda (PSB), Moisemar Marinho (PDT), Junior Brasão (PSB), Pedro Cardoso (DEM), Solange Duaillibe (PT) e Rubens Uchôa (Cidadania).

Audiência Pública

A Audiência Pública de Prestação de Contas da Saúde referentes ao 3º Quadrimestre do Exercício de 2020 também foi adiada e terá uma nova data marcada posteriormente.